Atividade Física: Motivação/Superação

clickdisk_6308320150410-1514161

Coragem pra voltar, depois de duas semanas e tentando assimilar o fato de não  poder voltar na zumba…

Por uns intantes a gente pensa em desisitir e derrepende se ve  na sala de recuperação do Ps, tomando soro. Claro nada grave, o soro mesmo foi tão rápido que nem deu tempo de tirar uma foto pra colocar face….Deus me livre!

Mas falando sério: quando a gente se depara com cenas em um hospital, percebe o quanto  as vezes é relapso com  a saúde/ alimentação…

Eu confesso que questionei meus exageros e o fato de não feito atividade física antes…

Frequentei academias algumas vezes e só conseguia pensar o quanto tudo aquilo era cansativo e chato…a gente vê aquelas beldades com aqueles corpos perfeitos e  e só consegue pensar o quanto  é muito diferente, e que  jamais vai gostar de se exercitar daquela forma…não parecia…normal…

Não conseguia fazer a conexão do prazer…do bem estar…bom pra quem gosta de comer ou digamos é viciado em comida: prazer mesmo é devorar aquela lasanha suculenta hiper recheada, ou aquele XBacon  enorme com uma coca-cola” trincando” de gelada!!!

garfiled_biscoitos001

E para as “formiguinhas” o sabor da primeira mordida barra de chocolate com castanha…ou do mousse de chocolate ou maracujá…

Esse é o prazer imediato! que estamos nos acostumados, todo mês, toda semana…todo dia…

E então quando entramos em uma loja  de roupas, vem o susto :quando a vendedora já diz ” logo de cara”que não trabalha com GG, …a gente sabe que está acima do peso, mas a afirmação ganha um contorno  mais trágico quando vem de outra pessoas…

668495ca9572f418cfe567f28712b3ec

Parece até perseguição né! você ouve comentário no ponto de ônibus, no almoço em família e já fui ” agraciada” com comentários gordofóbicos até em em velório! a pessoa não me via a mais de vinte anos!

Acredito que muitos sabe o básico, o que deve ou não comer, as caminhadas que poderia fazer na pracinha perto de casa…parece simples, básico…mas na matemática da vida, não é bem assim né…

Mas voltando a minha história:

Eu bem que tentei explicar para meu ortopedista,o quanto significava voltar a dançar zumba  , mas ele foi taxativo e finalizou com um : “ai fica por sua conta”.

Logo quando estava me achando o máximo! e pegando as coreografias… ( se meu professor de zumba ler isso sei que vai rir)…mas tudo bem! aquela sensação de estar mexendo o corpo, ao som da música sem se importar com nada,e mergulhar no ritmo e curtir de verdade! talvez  a dança tenha um contexto diferente pra quem viveu o auge dos anos 80! sonhou com aulas de jazz e vibrou com flasdance, e footollg, …talvez se tivesse dado tempo de fazer esse discurso para o médico.

flashdance-filme-3

Mas, ok! vou emagrecer!fortalecer meus joelhos e voltar a fazer o que tanto amo!

O primeiro passou foi voltar depois de duas semanas de parada…voltei pra academia,direto pra  musculação, eis outro desafio: porque eu sempre detestei musculação!

Mas foi bom! fui no dia da musculução feminina e em um horário com poucas pessoas…a além de fortalecer meus músculos,conversei, me diverti! o tempo passou rápido e ao contrário de antigamente, senti a satisfação de estar me cuidando.

Terminei  e fui pra aula de pilates: ja toda desajeitada com a bola e com os movimentos…mas depois de alguns minutos, ao som de Djavan e Monaliza de Jorge Versílio…me encontrei!

E mais uma vez  senti o prazer de estar me cuidando! mais um passo para o meu objetivo…

Ai você sai leve! respirando melhor! e vai resignificando a vida…

Quando abre a porta de casa, não tem vontade de enfiar a cara na panela de brigadeiro  ou no pote de sorvete, porque não tem sentido! jogar todo o trabalho fora!

coragem-que-minha-coragem-seja-maior-que-meu-medo-e-minha-forc3a7a-seja-tc3a3o-grande-quanto-a-minha-fc3a9

Ja´compartilhei o inícia dessa história  aqui no blog, se você perdeu,

https://plenadiva.wordpress.com/2017/02/04/atividade-fisica-o-prazer-de-comecar/

Aguardem os próximos capítulos! e pra inspirar:

Anúncios