Cronica:Licença Poética

  • IMG_927632654498

 

Sempre fiz uma analogia da vida as figuras geométricas: gostava de tudo certinho, quadradinho,aquela alusão aos contos de fadas,a perfeiçao…Hoje  essa “geometria imaginária” me irrita! Padrões quadrados,redondos,retangulares,parecem sufocar a natureaza humana,sob a minha otica…

Pensando nisso  veio a tona as lembranças  dos tempos de teatro: algumas peças,performances e  até alguns exercicios de cena…tudo soava a liberdade!as sensacões  diferentes e maravilhosas ,que tambem sob minha otica: traziam uma evoluçao  pro corpo ,pra alma…a gente saia do palco melhor:nao se  levando tanto a serio e tropecando nad pedras do caminho de forma mais poetica e corajosa!

A performance mais inusitada,juntou um grupo grande:era uma apresentaçao ao ar livre de improviso: O figurino era composto de roupas pretas e tiras da mesma cor amarradas pelo corpo…no  momento da apresentacao cada tinha liberdade pra fazer o que tivesse vontade: dancar,fazer mimica,cantar,recitar poesia…assim tudo junto e misturado!e por mais absurdo que parecesse,ficou bonito!aqurle monte de gente na mesma sintonia…

Em certos momentos fomamos uma roda alguem veio com um pedaco de melancia e foi passando de mao  em maonum ritmo lento cada um cada sua mordida na fruta,ela ia dancando no ar e tambem por mai estranho que possa parecer a cena ficou bonita…pra quem nao se conteve e mordeu a melancia ficou o drama: Como se livrar do carocos de forma elegante pra nao quebrar  estetica da cena??derrepente ninguem queriasegunrando o pedaco ainda com vwstigios da melancia ,porque simplismente nao sabia o que fazer con ela! Ouvia se murmurios de :eu nao quero! Se vira!passa pra la! Nao sei que fim ela teve…mas no fim da performance formamos uma roda juntando algumas  pessoas da plateia e cantamos e rodamos como numa brincadrira de infancia!foi leve ,unico e emocionante!

As pessoas acham que pra mudar sao necessariafs grandes revolução

internas!mas acho que nem sempre…as vezes uma atitude,uma palavra,um momento faz a gente ver tudo diferente…e so prestar atençao a vida…

Falando mudança esses dias no trabalho alguem me chamou atenção: estava na parede um .casulo e no chao a cabeça da lagarta….minha colega disse que era assim mesmo,no processo de metarmorfose a lagarta perde a cabeça…

Pesquiseina internet e constatei que era verdade…nao vou entrar na questao biologica,mas achei o processo tocante muito significativo… A gente gosta tanto de falar em metamorfose e leva pra vida essa metafora da borboleta:a lagarta rastejante e sem graca,que se transforma no ser de asas coloridas,leve e bonita e com liberdade pra voa para  quiser…mesmo nesse caso o processo e literalmente doloroso…mas acredito que experimentar a mudança sempre vale  a pena!

 

Anúncios