Não Basta Sonhar

mudanca-de-menina-para-mulher-11Derrepente veio a recordação de um tempo distante…Quando as preocupações eram mais suaves,menos dramáticas…
Primavera de 92,início de dezembro:Era uma manhã chuvoso, e eu estava na cama iniciando a leitura de um novo romance:”Não Basta Sonhar” da Jacqueline Brinskin.
Mesmo com aquela ansiedade peculiar,e já encantada com os primeiros parágrafos, tive que interromper a leitura, e começar a estudar.
Minha melhor amiga e eu , tínhamos ficado de recuperação de Matemática.
Tínhamos dezesseis anos, e que sacrifício foi nos dedicar aquelas horas de estudo, quando o que realmente queríamos era curtir aquele clima de final de ano!
Fizemos as provas e me lembro perfeitamente da tarde em que fomos até a escola e recebemos a notícia da aprovação…
E aquele misto de alívio com felicidade se misturou com todas as expectativas!
Naquele mesmo dia, decidimos fazer uma festa de Natal!
Fizemos uma lista de amigos, ligamos! Montamos um cardápio, planejamos as roupas, cabelo,maquiagem…
Não tinha como dar errado! e o  fato de termos planejado tudo em cima da hora, era apenas um mero detalhe!
A festa foi cheia de surpresas: Gente que não foi ! Gente que não deveria ter ido! cenas de ciumes, climão!   mas faltando uma hora para o Natal, a ligação que salvou a noite:
Liguei pra um paquera que tinha conhecido a algumas semanas: E assim naquela” cara de pau” tipica de adolescente, convidei o pra vir!
E ele veio ! !do outro lado da cidade! Pegou uma carona e veio pra nossa festa de Natal: De regata branca e uma camisa florida com as pontas amarradas! jeans justa, cinto com uma fivela enorme desses de boiadeiro,e boas de couro de bico fino!! uma mistura bizarra de peão com menudo!! resquícios dos anos 80…Talvez…ou mau gosto mesmo!
Definitivamente meu acompanhante,no auge dos seus 40 anos, não tinha nenhuma noção de moda!
Mas tudo bem! ele foi tão gentil vindo!
Á  meia noite,depois da lasanha e  o brinde , durante os cumprimentos de Feliz Natal… me toscou um beijo! Ainda na mesa !ouvi palmas! Um beijo com sabor de champagne!
E vários outros durante a noite… Até hoje foi o pior que provei! péssimo! Melado!
E depois daquela noite, nunca mais vi o Francisco! (esse era o nome).Nada pessoal…
E o livro?ah! sim! terminei de ler em poucos dias, e sinceramente devo ter relido pelo menos umas oito vezes! Ao longo destes anos!
Maravilhoso, sensível! Inesquecível!…
As vezes gostaria de ter um pouco  mais dessa coragem de adolescência de volta,definitivamente na vida ,não basta sonhar!

Anúncios